Leia! Pense! Questione!




  A informação é crucial para o combate contra o nosso preconceito. O respeito e a empatia, só se consolidarão com uma formação crítica dos assuntos e temáticas do nosso cotidiano. Não há respeito ou igualdade, sem conhecimento prévio e opinião analítica sobre a nossa sociedade.
 Por que critica-se tanto a comunidade LGBT? Por que somos intolerantes com as religiões alheias? Por que estereotipamos negros, árabes, orientais, latinos e outras raças? Por que marginalizamos os menos favorecidos? Por que pesamos a sociedade em uma balança, onde o que julgamos ser certo ou errado?
 A carência de informação entre as pessoas é um mal devastador. Mas informar-se e não questionar a notícia ou elaborar uma análise criteriosa ao que se está conhecendo, é crucial para a expansão da expressão de ódio. Ler e argumentar;Ver e indagar;Ouvir e questionar são regrinhas básicas para a desconstrução do preconceito nosso de cada dia.
 Lendo você tem acesso ao conhecimento e a informação,abre-se a reflexões e principalmente alarga a sua capacidade de empatia com os outros, essa empatia que tanto falta em nós. A falta de informação guia a humanidade ao caos social e cultural, acarretando em uma sociedade discriminatória e preconceituosa.
 O preconceito acaba quando você entende o outro, quando você está a par de determinados assuntos, quando você tem informações e as usa para conhecer o mundo e transformá-lo em um lugar melhor. Peace and Love!

1 comentários

  1. Olá Juliane! Você trouxe uma bela reflexão hoje. Como o próprio significado da palavra preconceito diz, é uma função irracional. Realmente devemos nos informar, pesquisar e questionar. Buscar saber! Como você mesmo disse: “A informação é crucial para o combate contra o nosso preconceito”. Muitas vezes ao questionar uma pessoa porque ela tem preconceito com alguma coisa, os argumentos são fracos e, percebemos que é por falta de informação. Beijos'

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.