Resenha: Pensando bem - de Dom Itamar Vian e Frei Aldo Colombo

Título: Pensando bem
Subtítulo: Histórias e parábolas sobre a arte de viver e conviver
Coleção: Sabor de vida
Autor: Dom Itamar Vian e Frei Aldo Colombo
Gênero: Conduta de vida, Cristianismo, Espiritualidade, Ensinamento, Meditações
Editora: Paulinas
Ano: 2017
Edições: 1
Idioma: Português
Páginas: 120


Sinopse: Qual o sentido da vida? O real sentido da vida pode ser pesquisado em grandes livros, nas palavras de pensadores renomados, na orientação de guias espirituais, no exemplo dos santos, assim como nos acontecimentos do dia a dia, na simplicidade das coisas. É o que fazem os autores deste livro, que provoca a reflexão e nos lembra que, independentemente das escolhas ou dos caminhos percorridos, o importante é que jamais falte o amor e a certeza da misericórdia de Deus pela humanidade.


Os autores se utilizam de breves histórias e parábolas para mostrar como desenvolver a arte de bem viver e bem conviver com os irmãos, em uma sociedade mais fraterna e calorosa.



Diz Dom Zanoni na Apresentação: "Pensando bem é uma obra que anuncia a esperança, ensina a arte de viver e conviver. Seu texto, de fácil leitura e com temas relevantes para o nosso tempo, é capaz de dialogar com este mundo novo que desafia e nos faz perceber nele, como nos ensina o Concílio Vaticano II, as sementes do Verbo Encarnado, esse Deus de amor e misericórdia que nos ama e nos quer bem."
Olá!

Esse livro é uma cortesia da editora Paulinas.

Não contém spoiler.


“Pensando bem” é um livro repleto de histórias e parábolas que vem trazendo um ensinamento. Segue bem a característica de uma parábola, são pequenas narrativas como, por exemplo, a primeira história do livro “O jeito de caminha” tem apenas um parágrafo e ao decorrer de seis parágrafos o autor discute o tema. As maiorias dos temas são tratados em apenas duas páginas.

Muitas das histórias são pensada no cotidiano, no meu ponto de vista algumas pode dá uma fugidinha. Todas são simples e fácil de entendimento. No final de cada história o leitor reflete quais os pontos semelhantes e diferentes de opinião sobre o assunto. Como podemos melhorar esse determinado ponto em nós, dia a dia no decorrer da vida. 

Algumas histórias vêm com dados de pesquisa e estatística como, por exemplo, “Razões para mentir” e “Sua majestade, a gula”. O primeiro vemos uma pesquisa feita nos Estados Unidos onde 91% da população admite ter contado uma mentira e, tem estatística dos principais motivos de contá-las. No segundo mostra uma estatística onde morrem mais pessoas por excesso de comida do que por desnutrição, os números da pesquisa são assustadores. No final todos vem com uma mensagem de aprendizado.

Gostaria de falar mais, tenho muito o que dizer, mas, ao mesmo tempo, não posso falar muito para não dar spoiler. Como disse antes, são bem curta as histórias e, não tem como falar uma por uma, pois, são 50 temas sendo discutidos no livro. Perdão, amor, trabalho e o jeito que escolhemos levar a vida são alguns exemplos de assuntos que irá encontra.

É um livro bem leve, bom para quem não tem muito tempo ou procura algo para ler entre uma coisa e outra. Leitura é super rápida. Apesar de ser um livro religioso e trazer versículos da bíblia, em momento algum fala de religiões. Acredito que a proposta do livro é trazer temas para o leitor analisar e buscar o melhor da vida.


32 comentários

  1. Oi, parece meio que aqueles livros que vc lê um texto por dia, para poder ir refletindo, muito interessante. Não é bem o que estou querendo no momento, mas quem sabe para um amigo, bjs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. olá Helyssa Santos! Sim, é um bom livro para ler um texto por dia. Não fiz assim para poder resenhar mais rápido para os leitores do blog. Beijos'

      Excluir
  2. Ola
    Eu nao curto esse tipo de livro, mas o acho exrremamente válido por conta de todos os ensinamentos repassados e pelo que podemos nos identificar. Quem sabe possa conferir em outro momento e imagino que seja um livro leve mesmo, apesar das mensagens repassadas parecerem ser bem intensas.
    Beijos, F

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! Que pena que você não curte livros desse gênero. As mensagens do livro são sim interessante. Beijos'

      Excluir
  3. Oie...
    Adorei sua resenha!
    Não tenho nada contra livros religiosos, inclusive, já li todas publicações do Pe. Marcelo Rossi, então, a leitura não será um problema pra mim.
    Gostei bastante do enredo e os ensinamentos da obra e fiquei com vontade de ler!
    Dica anotada!
    Bjinhos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Diane! Fico feliz que tenha gostado. Beijos'

      Excluir
  4. Olá!!

    Mesmo não sendo meu tipo de leitura acho bem importante e válido, até porque mesmo sendo um livro religioso pela sua resenha não parece o tipo que culpa e sim que ensina a refletir.

    Sua resenha está de para e a dica foi anotada.

    Beijos e Sucesso

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Thayza Fonseca! Fico feliz que tenha gostado! Beijos'

      Excluir
  5. Não conhecia o livro, e não é o tipo de livro que costumo ler, mas sua resenha me fez ficar curiosa pra ler.
    Adorei saber que é um livro, mesmo abordando vários temas diferentes, e espero poder conferir em breve!

    Virando Amor

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Carol Mendes! Obrigada! Ficarei na torcida para que você consiga conferir em breve e goste. Beijos'

      Excluir
  6. Como não acredito em deus e sou uma crítica voraz de religiões organizadas, este com certeza não é um livro que eu leria. Mas acho que seria um presente excelente para as amigas que acreditam e gostam.
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  7. Não sou voltada para livros religiosos, são raras as exceções que me agradam, provavelmente isso aconteça por eu não acreditar em Deus.
    Mas este livro parece ser diferente dos demais do gênero, acredito que sirva mais para proporcionar uma reflexão, do que para impor alguma doutrina.

    ResponderExcluir
  8. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  9. Olá, tudo bom?

    Não conhecia o livro e também não curto livros religiosos mas vendo esse sua resenha deu para perceber que o livro parece mais uma auto ajuda, aqueles textos que você lê para melhorar o seu dia ou até mesmo se sentir bem. Fiquei com vontade de conferir alguns textos.

    Beijos:*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Dani Jardim! Estou bem, obrigada! Espero que você também esteja. Fico feliz que a desenha despertou seu interesse. Beijos'

      Excluir
  10. Hey,
    Ainda não conhecia esse livro, mas fiquei curiosa para ler, pois gosto dessas obras mais leves e rápidas. Adoro também o fato de querermos falar mais e não podermos por ser spoiler, acho que isso diz muito sobre a trama.
    Dica anotada, sem dúvidas.
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  11. Oi,
    esse é um livro religioso que lembra muito um livro de auto ajuda, dois nichos da literatura que sinceramente não me atraem, não consigo curtir leituras do tipo, mesmo tendo plena consciência da riqueza que esses textos guardam, sei que muita gente deve se identificar e absorver tudo o que há de legal sendo oferecido através desse tipo de obra, mas comigo não funciona mesmo, acredite eu já tentei inúmeras vezes, então deixarei a dica de hoje passar batido.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. Olá
    Não é o meu tipo de leitura, mas acho que leituras assim sempre é valida. Geralmente livros assim eu leio um texto por dia...
    Confesso que o livro não me atraiu muito então deixo a dica passar.
    Beijos

    ResponderExcluir
  13. Oi, tudo bem?

    Achei a proposta interessante e com certeza há público pra ele, mas não é meu tipo de leitura.
    Achei legal ser uma coisa mais reflexiva, que faz o leitor ponderar as coisas, então acho que é um enredo util para aqueles que consomem esse tipo de literatura.

    Beijo

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?

    Achei a proposta interessante e com certeza há público pra ele, mas não é meu tipo de leitura.
    Achei legal ser uma coisa mais reflexiva, que faz o leitor ponderar as coisas, então acho que é um enredo util para aqueles que consomem esse tipo de literatura.

    Beijo

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Achei a proposta do livro bem interessante, principalmente pelo fato de mesmo tendo um toque religioso ele não fala muito de religião.
    O bom é que ele é leve e rápido para ler no meio de outras leituras.
    Dica anotada

    ResponderExcluir
  16. Olá, tudo bem?
    Gostei bastante da resenha, e confesso que fiquei bem interessada em ler a obra, adoro colocar leituras do tipo entre um livro e outro, e esse parece ter lindas mensagens a se passar.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
  17. Olá!

    Gostei dessa questão reflexiva proposta no livro e acho essa pegada bem interessante, mas não é um livro que eu leria agora. Já li bastante livros neste cunho e até gostei bastante, então acredito que até gostaria desse também. Enfim, vou deixar a dica passar dessa vez, mas obrigada pela dica. Gostei muito dos seus comentários.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9 3/4

    ResponderExcluir
  18. Oi, eu não conhecia nem o livro e nem a editora e por isso seu post já serviu para me apresentar algo novo, mas infelizmente a obra não me atraí. Eu não sou muito de histórias curtas porque sempre acho que falta uma profundidade que duas páginas apenas não conseguem passar, mas achei muito interessante a utilização desses textos para levar aqueles que o estão lendo a refletir sobre coisas do dia a dia e sobre si mesmo, sempre bom uma obra que te leva a pensar depois de lê-la. Mas tirando isso eu não achei mais nada que me interessasse e por isso vou passar a dica dessa vez, no entanto, foi bom conhecer uma obra e uma editora nova e isso já fez valer a pena <3
    Um beijo
    www.brookebells.com

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Realmente parece ser um bom livro, e leve por se tratar de histórias do cotidiano, perfeito para ler um pouquinho por dia. Mas, infelizmente, não me chama a atenção por ser mais voltado para esse lado de religião, que não curto muito. Mas adorei poder conferir a sua resenha!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  20. Olá! Quando tomei gosto dela escrita foi justamente lendo esse tipo de leitura, as mensagens que ela transmite, e que muitas vezes está ligado a um sentimento nosso. Essa leitura sempre me prendeu, e inclusive irei procurar o livro para adquirir faz tempo que não leio nada do gênero.

    ResponderExcluir
  21. Oii...
    Nao conhecia o livro, mas achei a proposta bem interessante apesar de que eu não sou muito fã desse gênero, por isso vou deixar a dica passar por hoje.


    Beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  22. Olá, como vai?
    Sempre adorei histórias que trazem algum tipo de ensinamento para o leitor, principalmente quando são curtas da forma como você falou deste livro. Não o conhecia ainda, mas já pretendo tê-lo em minha estante para que possa de vez quando consulta-lo. Parabolas são sinônimo de reflexão desde que Jesus contava as suas e pretendo ler este livro muito em breve.

    ResponderExcluir
  23. Não sou muito fã de livros voltados para religiosidades e questões de fé. Gosto de quando são tratados como mitologias assim aprendemos algo diferente.

    E não sei se notou... Mas está sim ligado a religião. Afinal, a gula é um pecado capital, não é? hehe...


    Abraços!
    www.asmeninasqueleemlivros.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá! É um livro religioso. Quando disse "não fala de religiões" é que ele fala da biblia mais não das religioes como: Catolissimos, Protestantismo, Judaismo, Budismo, Islamismo, entre outras religiões. Beijos'

      Excluir
  24. Olá! Livros assim são ótimos para nos fazer refletir sobre nossas ações no mundo. Apesar de ser religioso, não senti pegada doutrinante na sua resenha, senti mais um quê de espiritualidade ensinada. A paz como mensagem. Assim como a fé no algo maior e bom.
    Não faz muito meu estilo de leitura, mas conheço várias pessoas que vão adorar sua dica!
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Jamily Moura! Que pena, quem sabe na próxima resenha o livro faça o seu estilo. Beijos'

      Excluir

Tecnologia do Blogger.