Amor e outras demonstrações

Olá meus queridos, venho aqui após tanto tempo e em um dia incomum. Mas essa mensagem que eu quero passar não podia mais ficar guardada dentro de mim.

  Dizem que o amor é fogo que arde sem se ver, mas quem não vê? Porque eu vejo, sinto e até lamento. Um sentimento tão nobre que não deve ser deixado de lado, mas muitas vezes o é, talvez por medo, frustração, ou até mesmo costume. O amor só não é visto quando uma das partes é cega, ou quando não há reciprocidade, o que dá na mesma.
  Esse recado talvez seja uma surpresa, até porque o amor é muito bem visto hoje em dia, é só analisar as propagandas dos dias dos namorados na televisão, amor amor e amor, de todas as formas, cores, jeitos, proporções e peculiaridades. Mas o quão fácil foi chegar nesse nível? O que é preciso para ceder e receber amor?
  Este é um exercício muito complicado que a maioria dos casais ignora. Amar não é só felicidade, é apreensão, orgulho, raiva, felicidade e todo esse mix de sentimentos que ninguém consegue definir.
  Amar é algo que vai além da nossa compreensão, mas todos gostam de sentir. Pensando nisso, e com essa breve reflexão eu deixo para vocês este desafio, amem mais!
  Demonstrem o amor, não guarde para amanhã aquilo que você pode oferecer hoje, seja clichê sim e faça alguém feliz, aliás é melhor estar de bem com a vida do que preocupar com aquilo que não se adapta às normas sociais. O mundo precisa de demonstrações, não é um simples "e se" que vai mudar o planeta, mas sim a forma que você faz acontecer as coisas. Ah e isso não vale apenas para quem tem com quem passar o dia dos namorados não viu? Você também pode (e deve) muito bem se fazer feliz. Esteja de bem com você mesmo para só depois mudar a vida de alguém.

16 comentários

  1. Olá Júlio! Realmente o amor é um sentimento nobre que não deve ser ignorado. Para muitos fazer coisas clichês em nome do amor é pagar mico. Mas concordo com você, devemos demonstrar o amor todos os dias e fazer coisas clichê sim. Bela reflexão que trouce hoje. Beijos'

    ResponderExcluir
  2. adorei o texto
    só podemos amar alguém
    qdo nosso amor próprio superar toda nossa insegurança
    sucesso

    ResponderExcluir
  3. Gostei e identifiquei-me com as suas palavras.
    Amar também quer dizer fazer alguma coisa pela outra pessoa sem esperar nada em troca. Acho que hoje em dia, mesmo nas amizades, relações familiares e profissionais, as pessoas procuram fazer alguma coisa mas sempre esperando algo em troca.

    ResponderExcluir
  4. Uma reflexão super válida. Para mim amor é amor independentemente de algo, ou troca. Ou você decide e escolhe amar ou não. Amor não é dosado pelo fato do "só dou a quem merece", ele é entregue de forma livre e faz bem ser assim.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  5. O amor e seus mistérios. Só que amou ou ama sabe como é. são varias formas de expressar e sentir.

    ResponderExcluir
  6. Oie amore... que delícia de reflexão.. nos faz pensar em muita coisa e em como as coisas podem ser bem mais intensas do que imaginamos ser... veio bem esse texto pro dia de hoje!!!
    Adorei! Parabéns!

    ResponderExcluir
  7. Oiii linda
    Ah o amor nos deixa perdido né, demonstrar muitas vezes é tão difícil, principalmente se a pessoa for mesmo acreditar, achei lindo o seu texto e fiquei encantada, espero encontrar mais assim!
    Beijinhos

    ResponderExcluir
  8. Olá!
    O amor dito em forma de poesia por alguém que está amando ou que é amado é lindo! Mas o que ninguém percebe, mas que todo mundo vê e é a ausência do amor para isso precisamos definir essa palavra.
    Amor não se explica e nem faz distinção de criatura até os cães amam e o demostram.
    Amei seu texto. bjs

    ResponderExcluir
  9. Olá!! :)

    Eu confesso que gostei muito do teu texto, bem pessoal e que demonstra o que realmente sentes, calculo... Enfim, amor e algo indefinível.

    Mas uma coisa e certa: devemos demonstra-lo a quem o merece e tem o nosso!

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  10. Olá, achei muito interessante o seu post, nos relembra de demonstrar o amor quando o sentimos. e realmente, se o amor não é percebido talvez ele não esteja valendo a pena.

    ResponderExcluir
  11. Olá, tudo bem?

    Achei bem lega a sua publicação, realmente interessante. Gostei bastante do texto, demonstra sentimentos, é algo pessoal, o amor quando sentimos é porque está valendo a pena, não dá para explicar!

    ResponderExcluir
  12. Olá,

    Seu texto é uma ótima reflexão sobre o amor e veio numa boa época também. Acredito muito que temos que demonstrar o amor, a geração atual tem ideias muito erradas sobre manter os sentimentos para si, é preciso compartilhar amor, o mundo precisa de amor.

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  13. No auge dos meus 18 anos posso dizer que não sei o que é o amor, mas essa descoberta é o que mais me atrai. Nessa busca somos diariamente surpreendidos e verdadeiramente satisfeitos.

    ResponderExcluir
  14. Oi, tudo bem?

    Bom, eu desgosto cada vez mais desses discursos de reciprocidade, porque quem os escreve acaba entendendo que a outra pessoa é obrigada a retribuir. Eu acho que ninguém é obrigado a nada, muito menos a ceder amor. O amor é livre e espontâneo, deve acontecer quando realmente existe. Eu só fui retribuída uma vez e, veja só, não aconteceu. Não aconteceu porque a pessoa não retribuiu, mas porque não estava preparada para retribuir. Por muito tempo, eu achei que fosse culpa minha, fiquei com raiva dela, mas depois percebi que nem eu nem ela deveríamos nos obrigar a retribuir algo num momento não muito propício (não errado, só não muito bom). Acredito que a gente deve amar o quanto puder, mesmo que o sentimento não volte pra gente. Hoje, eu sei que o amor não deve doer. Que o amor faz a gente procurar pela calma ao invés de pela loucura. Acho que a maior surpresa do amor é o quanto ele pode renovar a gente, nos fazer melhor.

    Love, Nina.
    http://ninaeuma.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  15. Olá.
    Eu simplesmente amei o texto. Parabéns, você escreve muito bem.
    Um texto fluido, profundo, reflexivo... ADORO ISSO.
    Concordo principalmente sobre não guardarmos o amor, quantas vezes deixamos de dizer eu te amo, às vezes pelo simples fato de achar que não é preciso e não imaginamos que para a outra pessoa ouvir essas palavras é um detalhe que toca a alma.
    Amei

    ResponderExcluir
  16. Nossa!
    Eu adorei a sua reflexão.
    Realmente amor é muito mais, é companheirismo, é saber ceder...
    Vamos amar mais!!!

    Boutique de Clichês

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.