Você escolhe

Fonte da Imagem: Pixabay

Dia desses, estava eu sentada em uma mesa de bar, quando chega uma amiga e me lança uma pergunta. “É melhor viver alegre na ignorância ou triste sendo ciente da realidade?”. Fiquei encafifada com a pergunta e me desatei a refletir, convidando-a me acompanhar na bebida e discutirmos sobre sua inquisição.

Perguntei-lhe o porquê da questão. Disse-me que, sentada no sofá da sala, observava o seu irmão, um completo alienado, que mal sabia o nome do vereador, o qual votou eleição passada, mas sabia todas as tretas que acontecia no BBB. Nisso, notou uma completa alegria dele, alheio a tudo que acontecia no quadro político da sua cidade. Enquanto ela, ciente de tudo, de todas as mazelas que sofria a cidade, estava em uma infelicidade completa.

Em dúvida também fiquei. Sabemos todos que o mundo não cor de rosas, mas eis que, é melhor ficar a par das coisas, ou distante da realidade?

Depois de uns goles, e incomodada com minha demora em dar-lhe uma resposta, ela volta então a repetir a pergunta. Responde-lhe que, por mais que viver na completa ignorância, no mundo cor de rosa, distante da realidade mórbida que estamos e que no casulo sejamos felizes e protegidos, é bem melhor estarmos cientes da vida, do que nos rodeia de olhos abertos ao mundo, porque isso sim é libertador, a luz da verdade é libertadora, por mais que soframos com ela.

Mas aí você escolhe. Quer viver alegre na ignorância ou triste sendo ciente da realidade?


29 comentários

  1. Olá Juliane Barbosa!
    Há muitas pessoas como o irmão da sua amiga. Sua resposta foi extraordinária. Por mais que a verdade pode ser dolorida é libertadora. Eu acredito que apesar do mundo não ser todo cor de rosa é, importante está de olhos abertos ao mundo, mas também saber ver as coisas simples que podem trazer felicidade. Ju arrasou como sempre! Beijos'

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiieee....Pegou o espírito da coisa, é isso aí...E ahh obrigada, beijinhos!! (Tô aprendendo a responder os comentários).

      Excluir
  2. Venho participar da discussão com duas máximas já bem conhecidas. A primeira é de Jesus: "Conhecereis a verdade e a verdade vos libertará". Estar livre da ignorância é libertador. Por outro lado, um certo dito popular afirma que "a ignorância é uma benção". Acho que nem todos são para a verdade, para estes, que a simplicidade presente na ignorância os conduza.
    Bjsss
    Luana
    www.umasegundaopiniao.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aí Luana. Sem comentários, você arrasou. E pra não perder tempo, já dando uma olhada no seu blog. Bjssss

      Excluir
  3. Olá, tudo bem?
    Que texto lindo, parabéns. Amei a reflexão, e concordo plenamente. Acredito que a resposta para essa pergunta é bem pessoal. Nada como a certeza das alegrias da vida, mas será que viver na mentira não pode machucar mais? Eu acho que depende de pessoa e de situação, no geral é uma questão pessoal que não deve ser julgada apenas compreendida. Amei

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo ótimo Faby. Obrigada pelo elogio. Isso mesmo, cada um escolhe onde quer ficar, se na zona de conforto ou fora dela e resta a elas saber lidar com as consequências.

      Excluir
  4. Olá, adorei o texto.
    Realmente muitas pessoas vivem em bolhas, afastadas e excluídas da realidade da vida. Assim como você acho eu que o saber é liberdade, saber como a vida realmente é. É de fato ser livre!
    Um beijos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Isabela. Fico grata por ter gostado do texto. Liberdade pra dentro da cabeça né não. Dois beijos!

      Excluir
  5. Olá!
    Essa é uma ótima reflexão e sinceramente muito atual, principalmente nos dias em que hoje temos acesso a todos os tipos de informações na ponta dos dedos ainda sim muita gente nem sabe o que se passa no país, não sabem sobre novas doenças, descobertas, e usam cada vez mais as redes sociais para fofocar,vigiar a vida dos outros e copiar e colar textinhos prontos sobre não concordarem com reformas disso e daquilos, mas se formos perguntar não sabem nem o que se passa realmente.
    Eu óbvio que não sei de tudo, assim como sei que a realidade é dura mesmo, mas mil vezes o conhecimento e a realidade dos fatos do que viver alienada sobre a vida.
    Beijos!

    Camila de Moraes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Camila. Um fato curioso, ontem na aula a professora estava discutindo exatamente sobre isso que você escreveu. Sensacional. Beijos e Abraços!

      Excluir
  6. Olá,
    Eu concordo com a sua resposta, para ser mais específica, acho que foi uma bela resposta pois infelizmente existem pessoas como o irmão da sua amiga, que preferem ficar por dentro das tretas do BBB ao invés de lutar pelos seus direitos e fazer prevalecer a sua vontade. Ele gosta de andar na margem da sociedade, para ele tanto faz como tanto fez, não importa muito o que acontece no mundo exterior desde que haja fofocas no BBB e sinceramente eu prefiro viver bem ciente da minha realidade a ficar me iludindo com fantasias.

    beijinhos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello Camila. O país das maravilhas é lindo e maravilhoso, mas tudo não passa de uma doce ilusão. Bom que você prefira viver além desse país e dos muros que o rodeiam. Beijinho, beijinho

      Excluir
  7. Meio que passo por isso...
    Vejo muitas pessoas ao meu redor alienados com BBB enquanto nem tv vejo.
    Procuro informações na internet.
    E confesso que prefiro está ciente da realidade mesmo ela sendo triste do que viver alienada.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Déborah. Ser informada e ter opinião crítica é tudo, melhor viver no mundo verdadeiro do que no mundo da ilusão né não!

      Excluir
  8. Não acho que estar ciente da realidade signifique exatamente ser triste por isso. Dá pra saber da realidade e ver feliz (apesar das bads que batem quando a gente para pra pensar). A ignorância não é, pra mim , algo bom. Acredito que o poder de escolhe se dá quando temos o conhecimento dos fatos, da realidade. Beijos do Wes ^^

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Wesley. Trouxe outra visão, mas se bem que é difícil ser feliz sabendo das mazelas que nos cercam,mas também não é impossível. E bem né, quando se tem conhecimento, tem uma vantagem imensurável. Beijos, beijos

      Excluir
  9. Oi, Juliane.
    Realmente, é uma pergunta para refletir. Por mais que possa parecer fantástico viver em uma felicidade plena devido à ignorância, acredito que a verdade liberta, mesmo sendo dura.

    Também acredito que quando enxergamos o mundo como ele é, damos mais valor às pequenas coisas. Enxergar a beleza em meio ao caos é um tipo de benção. E embora esse mundo seja injusto, devemos tomar cuidado para não focar apenas no que é ruim, senão poderemos cair em um ceticismo enlouquecido. Há coisas boas por aí também, APESAR de todo o resto.

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Strawk. Mais uma com a visão diferente. Mesmo sabendo de tudo de ruim que há no mundo e como isso nos deixa triste, realmente há as coisas belas e são essas que não nos deixam abater. gostei. Beijos!

      Excluir
  10. Eu prefiro saber da verdade, seja ela qual for. Viver em uma mentira não é viver. Além do que, não existem apenas mazelas na verdadeira realidade, há também muitas coisas boas, e são elas que dão força para mudar que estiver errado.
    Bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fabrica. Justamente isso que já havia comentado, as coisas boas que nos ajudam a não desistir da humanidade. Bjs!

      Excluir
  11. Oi
    Seu texto me fez relembrar da sociedade líquida ou da Sociedade do Cansaço, conhece os livros? Não tem como eu não relaciona com Black Mirror. As pessoas confundem felicidade com histeria coletiva, é isso o que a mídia causa, alienado, histéricos e dispostos a comprar desenfreadamente qualquer coisa para sentir a falsa sensação de felicidade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Lilian. Não conheço os livros, mas já estou procurando saber sobre eles. Sobre a série Black Mirror, estou analisando-a na faculdade, que por sinal é ótima.É pra botar qualquer neurônio pra funcionar.

      Excluir
  12. Olá, tudo bem? De fato é uma reflexão bem importante. Confesso que também prefiro ser atento a tudo e triste do que alienado e feliz. A alienação não faz crescer, não nos faz enxergar a vida. A falsa sensação de alegria passa, e quando abrimos os olhos para a realidade, a tristeza vem mais profunda ainda. Ótimo texto!
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, tudo bem sim Carool. Simplesmente adorei o seu comentário. Falou e disse. Beijos! P.S. Já aproveitando e dando uma olhada no seu blog!

      Excluir
  13. Oiee
    Adorei a reflexão.
    Mas acredito que mais difícil que seja, mais doloroso que é, a verdade sempre deve estar presente. A tristeza pode até bater mas devemos levantar o astral e seguir em frente.
    É difícil eu sei. Mas acho q é o melhor.
    Enfim, devemos sempre ter o melhor no coração.
    Ótimo texto. Parabéns
    Bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiee Thais. Isso aí mulher, deve-se conduzir a vida ao conhecimento sem esquecer as coisas boas que há. Obrigada pelo elogio. Bjs!

      Excluir
  14. Olá! Realmente é uma questão a se pensar. De imediato responderia que preferia a verdade, sempre achei melhor do que qualquer coisa. É melhor saber a verdade, mas tentar manter o controle e aceitar as coisas como são. Ótimo texto, bjo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Lorena. E tome reflexão né não. Feliz por ter gostado do texto. Bjo

      Excluir

Tecnologia do Blogger.