Resenha: O Pequeno príncipe - Antoine de Sant Exupery


Título: Pequeno príncipe (O)
Título Original: Le Petit Prince
Autor: Antoine de Sant Exupery
Ilustrador: Antoine de Saint-Exupéry
Tradutora: Luciana Sandroni
Assunto: Fábula, Infanto-juvenil
Editora: Paulinas
Edição: 1
Ano: 2017
Idioma: Português
Páginas: 120
Onde comprar: Editora Paulinas

Sinopse: O Pequeno Príncipe é um dos livros mais lidos do mundo. Ele conta a história de um pequeno príncipe de um planeta desconhecido que encontra um aviador forçado a fazer um pouso de emergência no deserto. A partir desse encontro inusitado, feito de diálogos e silêncios, laços de amizade vão sendo construídos na medida em que se aprende a ver com o coração. Um livro poético que provoca, em leitores de todas as idades, reflexões importantes sobre valores universais.
- Exato. É preciso exigir, de cada um, o que cada um pode dar - disse o rei. - página 47
Olá!

Publicado pela primeira vez em 1946 nos Estados Unidos, O Pequeno príncipe é um dos livros mais traduzido no mundo, sendo traduzidos para mais de 250 idiomas. É até hoje faz grande sucesso. Você pode não ter lindo, mas já deve ter ouvido falar dele. Principalmente ter ouvido a seguinte frase: "O essencial é invisível aos olhos.".
[...] - Adeus - disse a raposa. - Eis o meu segredo. É muito simples: só se vê bem com o coração. O essencial é invisível aos olhos.
- O essencial é invisível aos olhos - repetiu o pequeno príncipe, para nunca mais esquecer. [...]- página 84
Essa é a terceira vez que eu leio o livro. A duas vezes anterior li em e-book, mas agora eu pude ler o livro em mãos por conta da cortesia da editora Paulinas. E apesar de ter lido mais de uma vez só agora venho compartilhar com você a resenha dele. Talvez não tenha compartilhado antes por que acredito que não há palavras para expressar como esse livro é lindo.
 Mas os olhos são cegos. É preciso procurar com o coração. - página 97
Por um pouso de emergência causado em seu avião, o aviador se viu sozinho no meio do deserto Saara. Decidido concerta o seu avião, já que tinha comida e água para oito dia. És que depois da primeira noite de sono ele é surpreendido por menino meigo de cabelos louros que o acordava pedindo para ele desenhar um carneiro. A parti dai o piloto começa a conhecer esse sábio garoto, o melhor, pequeno príncipe. 

O pequeno príncipe havia passado por diversos planetas em sua viagem. Conheceu um planeta onde havia um rei autoritário, em seguida, conheceu no próximo planeta visitado, um vaidoso, seguindo de um bêbado, um homem de negócios, um seguidor de regas e um geógrafo. Todos cegos pelo seu pequeno mundo individual. 

O sétimo planeta foi a Terra. Despertou grande interesse, não é um planeta qualquer, pois além de ser bem maior tem várias pessoas (não apenas uma como nos outros planetas) com características em comum dos adultos que ele conheceu em sua viagem.... O pequeno príncipe teve que deixar uma flor sozinha em sua pequena casa, durante toda a sua jornada ele lembrava dela e sentia saudades... Sua jornada não foi apenas conhecer o mundo, ma deixar aprendizado por onde passava.  
"Quando o mistério é muito impressionante, é melhor não desobedecer. Por mais absurdo que aquilo me parecesse..." - página 12
Muitos vê o livro apenas como mais um livro infantil. Antoine dedicou esse livro para um adulto. Eu, além das crianças, recomendo para um adulto também. Principalmente para os que deixaram a sua criança interior adormecer. O Pequeno Príncipe pode ajuda-ló a acorda-lá.

Uns vê apenas uma história triste. Foi escrito durante a Segunda Guerra Mundial, então acho normal tem um toque triste/emocionante. É uma obra inteiramente simbólica e metafórica. Os personagens são ligados há fatos da realidade, modificada pela criatividade do autor é claro. Há magia nos personagens, nós planetas e de todos os elementos da história.
- Onde estão os homens? - voltou a perguntar o pequeno príncipe. - A gente se sente um pouco sozinho no deserto...
- Também nos sentimos sós entre os homens. - página 72
Mostra uma profunda mudança de valores em cada personagens, como cada um avalia e julga as coisas que nos rodeia, o que priorizamos e nos preocupamos no nosso dia a dia. Seja no homem de negócio que só se preocupava em ter mais, no rei autoritário que só queria mandar nas pessoas, no bêbado que só preocupava em apagar as magoas ou no cara de chapéu que só queria ser admirado e aplaudidos pelos outros.

As pessoas não querer ver o novo, não enxerga as pequenas coisas. Como por exemplo no desenho do aviador onde as pessoas apenas conseguia ver um chapéu. A forma que nos relacionamos com as pessoas, podendo está rodeado de pessoas e não ter afinidade com nenhuma, sentir solidão. Também mostra o tempo, cuida, responsabilidade, saudade, ser-para-a-morte, angústia, carinho e afetividade, seja no aviador se preocupando com o pequeno príncipe ou na relação do pequeno príncipe com sua flor.
- Está esperando o quê? Você ai parado é irritante! Você decidiu partir. Vá embora.
Na verdade, ela não queria que ele a visse chorar. Era uma flor muito orgulhosa... - página 41
Quando foi que tudo virou comum? Que as rosas perderão seu beleza e perfume? Que não vemos mais os brilhos das estrelas ou pôr do Sol? Que quantidade é melhor que qualidade? [...] O Pequeno Príncipe, de uma forma metafórica, vem nos fazer refletir o que é mais importante e nossa vida e como estão valorizando isso.
- Um dia, vi o Sol se pôr quarenta e quatro vezes!
Em um pouco depois acrescentou:
- Você sabe... quando se está muito triste, é bom ver o pôr do sol...
- No dia das quarenta e quatro vezes, você estava tão triste assim?
O pequeno príncipe não me respondeu. - página 30
Sobre essa edição, está linda. Há uma mistura de cores de folhas, uns brancas, amarelas e umas meio acinzentadas. As letras então média (ou grande mais não tanto). A diversas ilustrações de aquarela do próprio autor. Há ilustrações então grandes que tem páginas só para elas. O final do livro lá uma biografia do autor e do livro. A capa do livro é texturizada, porém acredito que podia ser mais atrativa a capa, com uma ilustração por exemplo. 
- Vocês são belas, mas são vazias -. Ele ainda disse: - Ninguém pode morrer por vocês. Uma pessoa passando por aqui pensaria que vocês se parecem com a minha rosa. Mas ela é única para mim, é mais importante que vocês todas juntas, porque foi ela que eu reguei. Foi ela que coloquei numa redoma. Foi ela que abriguei com um biombo. Por ela matei as lagartas (menos duas ou três por causa das borboletas). Foi ela que escutei se queixar,ou se gabar, ou mesmo, as vezes, ficar em silêncio. Porque é a minha rosa.  - página 83
Não deixe de comentar se leu ou não essa linda história e o que achou dela.

28 comentários

  1. Nossa eu li esse livro faz muito tempo, foi na escola ainda. Nem me lembro bem da história, acho que ta na hora de dar uma relida.
    Beijos

    ResponderExcluir
  2. Olá, tudo bem?
    Amo depois, esse livro é uma leitura obrigatória! Tem tanta emoção, e tanto ensinamento em cada página.
    Um beijo, a AMEI a sua resenha.

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem?
    Esse livro é só amorzinho <3 ele está na minha lista de livros faz tempo e espero comprá-lo em breve. Dizem que tem muitos ensinamentos que nos fazem pensar sobre nossa própria vida e isso é um máximo!
    Beijos.

    ResponderExcluir
  4. Oi, Dayane!
    Li esse livro mais de uma vez também. Apesar do ar infantil que aparentemente ele tem, concordo com você que é uma leitura para todas as idades. Um livro pequeno, mas cheio de ensinamentos e reflexões a cada linha.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  5. Ganhei esse livro de um professor em 2008 e desde então não o largo mais, é um livro incrível e todo mundo deveria lê-lo um dia.
    Sua resenha me fez matar um pouquinho de saudade da história e relembrar alguns fatos.
    Bjs

    ResponderExcluir
  6. Olá!
    Esse livro tocou meu coração depois de adulta, apesar de minha mãe ter lido para mim quando eu era mais nova.
    Gostei muito de conhecer suas impressões e acho que esse livro é para adulto mesmo e que muitos precisam ler para se tornar pessoas melhores.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  7. Esse é um dos meus livros favoritos, gostei de saber que você não o viu como um livro infantil, existe toda uma simbologia por trás dos personagens que algumas pessoa nem notam.
    Parabéns pela sua resenha.

    ResponderExcluir
  8. adorei essa edição também. como não amar esse livro? minha frase favorita do Petit é " Só se vê bem com o coração." essa leitura marca a vida de uma forma sem igual. todos deveriam ler! adorei os pontos que você apresentou (que as pessoas acham negativos) e como você os transformou em positivos. está de parabéns!

    ResponderExcluir
  9. Um dos meus livros favorito!! Amo com todas as minhas forças, todo ano eu leio e sempre tiro algo novo dele. É aquele tipo de livro qe todas as pessoas deveriam ler

    ResponderExcluir
  10. Eu nunca li esse livro mas tenho muita vontade de ler. Eu percebo que a maioria das pessoas veem o livro como necessário e não infantil, é uma história importante e com mensagens incríveis. Ótimo livro para se ler na infância, mas não tem idade para lê-lo, tanto que pretendo ler ainda esse ano e já deixei de ser criança há muitos anos.

    ResponderExcluir
  11. Eu tinha uma edição de O Pequeno Príncipe que acabei dando de presente para uma prima minha que estava começando a ler livros! <3
    Infelizmente eu não havia lido ainda, mas não me arrependo do que fiz, pelo contrário sinto uma alegria enorme por ter presentado ela com o mesmo. Pretendo ler, mas agora não sei quando irei adquirir novamente.

    Beijos e até logo! :*

    ResponderExcluir
  12. Mesmo tendo lido O pequeno príncipe quando criança, mesmo adulta ainda sou apaixonada por esse livro <3 Adorei sua resenha.

    ResponderExcluir
  13. OOi!
    acredita que nunca li o livro?!
    Parece ser um livro tão maravilhoso e tocante. Tenho muita vontade de lê-lo, espero um dia ter a oportunidade. <3
    Ótima resenha!

    ResponderExcluir
  14. É lindo demais! Estou lendo para minha filhinha, um pouco por noite. Temos que mostrar para quem ainda não leu. Parabéns pelo post. Andrea, Coisas da Lara

    ResponderExcluir
  15. Olá.
    Eu leio O Pequeno Príncipe todo ano. Eu ainda tenho que fazer a leitura deste anos, mas toda vez que eu leio sinto uma coisa diferente. É um dos meus livros preferidos da vida. Eu choro e sorrio durante a leitura cada vez interpreto algo diferente e sinto os personagens. Como amo esse livro. É sempre aquele livro que dou de presente para amigos e familiares.
    Adorei a sua resenha.
    bjssss

    ResponderExcluir
  16. Oi, tudo bem? Acredita que só li O Pequeno Príncipe depois de adulta? Quando era pequena eu tinha tentado ler e achei meio chato, mas acho que era porque eu não tinha maturidade para entender a beleza e profundidade desta história. Como você disse é um livro cheio de significado e acho que um adulto compreende muito melhor a simbologia por trás da história.
    Adorei a resenha!
    Beijos!

    ResponderExcluir
  17. Olá!
    Amo muito esse livro!
    É tudo tão lindo! Essa edição é muito linda!
    beijos

    ResponderExcluir
  18. Olá amore,
    Simplesmente sou fascinada por essa obra, assim como você já reli inúmeras vezes e acredito que a cada leitura a interpretação é diferente.
    Adorei a sua interpretação, e ainda não conhecia essa edição, já quero rs.
    Beijokas!

    ResponderExcluir
  19. Oie...
    Eu sou completamente obcecada com essa obra, tanto que coleciono edições dessa obra! Amoooo demais!
    Amei conferir suas impressões ;)
    Beijos

    ResponderExcluir
  20. Maravilhoso! Amei os quotes! Essa história é muito rica. Simplesmente amo.

    ResponderExcluir
  21. Oie tudo bem? Sua resenha ficou tão linda quanto a história!
    Eu amo esse livro, tenho diversas edições e já li diversas vezes, uma lição de vida, uma inspiração em forma de papel <3 Beijos

    ResponderExcluir
  22. Olá!
    Sua resenha ficou maravilhosa! Eu já tenho uma opinião totalmente impopular sobre esse livro, não curto muito e não acho tudo isso que sempre disseram. Mas adorei seu ponto de vista e posso ver que a obra realmente te tocou a fundo.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  23. Olá, tudo bem? Amo demais O Pequeno Principe, mas acho que ficou muito massiva esse tanto de edições que vemos por ai. Já tenho duas, uma de capa dura e uma menorzinha, e por mais que essa também seja linda, acho que passo a dica. Daqui a pouco teremos uma pessoa com uma estante com várias edições do livro. De resto, amei o post e a resenha <3
    Beijos,
    diariasleituras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  24. Sou apaixonada pelo "O Pequeno Príncipe" várias frases que tocam os corações, já li algumas vezes e sempre enxergamos algo novo a cada leitura.

    ResponderExcluir
  25. Aqui na minha família a gente tem o costume de dar livros para as crianças e é de lei o primeiro livro de todos ser O Pequeno Príncipe.
    Li esse livro quando era criança e sou extremamente apaixonada e suspeita para falar sobre ela. Emocionante, tocante... apaixonante.
    Adorei a sua resenha e essa nova edição

    beijos
    Livros & Tal

    ResponderExcluir
  26. Olá.... tudo bem??
    Eu li este livro quando ainda estava no ensino médio... na época eu curti e achei bonitinho, hoje em dia eu não tenho interesse em ler... mas diante de tantas resenhas maravilhosas que eu tenho lido, pra mim já basta... a sua foi cheia de significados e com a essência de seus sentimentos ao ler pela terceira vez o livro, o que tem seu lado bom que a cada vez que você lê a mesma obra, o seu entendimento é abrangido e você passa a enxergar melhor a mensagem que ele traz. Xero!

    ResponderExcluir
  27. Oi, tudo bem?
    Eu tenho esse livro, mas em outra versão, a de capa branca. Não sei se é da mesma editora.
    Acho linda a história dele. Lembro que li em algumas horas.
    As mensagens que ele passa são maravilhosas.
    Beijos

    ResponderExcluir
  28. Que resenha amorzinho! Eu tinha umas três versões de O Pequeno Princípe, mas acabei dando todas, mesmo assim continuo apaixonada pela história

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.