Crônica 'E os namoradinhos?'


Fonte da imagem: Pixabay

“Mulher, quando é que você vai arrumar um boy?” “Olha o relógio, tem que arrumar uma pessoa antes dos 30, se não, já viu” “E os namoradinhos?” “Menina, você ta é precisando de um homem”

Ao passar pelo pequeno recinto ouço Maria e Ana conversando calorosamente com Júlia sobre a necessidade de esta arrumar um homem. A pobre coitada ouve atenciosamente os conselhos (ou seria imposições) das suas amigas, concordando passivamente com tudo.

Ao sair do local presencio outro diálogo, de alguns homens, novamente sobre o fato de arrumar alguma parceira, antes que ficassem velhos. Pego então meu celular para verificar as mensagens e em um determinado o grupo, as pessoas conversam sobre o mesmo assunto, encontrar um parceiro (a) o mais urgentemente possível.

Fico encafifada, parece que o mundo todo tem essa necessidade mórbida de estar sempre à procura de alguém, como se para ser feliz, o ser humano precisasse estar acompanhado. Mulheres têm prazo de validade para encontrar ‘seu’ homem e constituir uma família; Homens têm que estar sempre acompanhados de uma mulher, sem direito de recusa. 

E aí de quem seguir o lema ‘solteiro sim, sozinho também’, pois é logo condenado pela Inquisição, sendo perseguido e queimado na fogueira social.

21 comentários

  1. Olá, tudo bem?
    Gostei da crônica! Achei bem a cara da minha tia há alguns anos atrás.
    Um beijo.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oiiie Rayanni. td joinha cmg. Bom que vc gostou do texto! (Vc me deu um sinal de que tenho que olhar os comentários) Agr me tira uma dúvida, sua tia segue o lema 'solteira sim, sozinha também'ou faz o papel de inquisidora? Dois beijos!!

      Excluir
  2. Oi Juliane,

    Sua crônica está muito boa, bem interessante. As pessoas realmente possuem essa necessidade de estarem sempre a procura de alguém. A maioria não se contenta com o seu amor próprio, e esse talvez seja o maior erro, depositar em alguém suas chances de ser feliz.
    Mulher não tem prazo de validade, assim como homem também não. As pessoas deveriam ser menos preocupadas com isto e apenas viver. Adorei a crônica!

    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Alice. Ótimo que você gostou da crônica! Vivemos baseados nas imposições sociais,e aqueles que vivem por conta própria, enfrentando os dogmas sociais, é logo taxado de louco. Muito bem, você pegou o espírito da coisa! Abraços....

      Excluir
  3. Apesar de curta, essa crônica ficou bem objetiva e realista. Adorei a forma como você pôs toda uma realidade, e junto pôs também sua opinião.
    Infelizmente, ainda é assim que a maioria das pessoas pensam :(
    Beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello Bárbara. É bom saber que você gostou da crônica. Na verdade sou um tipo de pessoa direta, tá aí o texto pra comprovar. Infelizmente as pessoas ainda pensam e vivem assim, mas o mais importante é vivermos de acordo com nós mesmos, sem se importar por essa pressão doentia de arrumar uma pessoa. Beijos e Abraços!

      Excluir
  4. Olá!!1

    Gostei da crônica, achei bem legal!!! Passa uma verdade, pois ultimamente temos essa coisa de tem que ter o tempo para encontrar o seu parceiro, mas deveriam se preocupar em ser feliz e não com prazo de validade. parabéns pela crônica está bem objetiva!!

    Beijos!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Karoline. Fico grata de que tenha gostado da crônica. Pior que é verdade, assim que 'viramos gente' já nos colocam um prazo para arrumarmos alguém, como se pra ser feliz, você tem que ter uma pessoa ao seu lado. Só que não é bem assim né. Vários beijos!

      Excluir
  5. Olá! Eu costumo dizer que o mundo está chato. Sempre vai ter alguém para colocar defeito nas ações alheias. Se você casa, te criticam. Se resolve ficar solteiro, te criticam. Ninguém respeita a opção alheia. Sempre digo que para ser feliz com alguém, primeiro tem que saber ser feliz sozinho. Cabe somente a pessoa se quer ser solteiro ou não. Sua crônica ficou ótima, parabéns!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Suzana. Ótimo que você gostou da crônica. Tempos difíceis esses. Como você mesmo descreveu, tudo que fazemos é criticado, por isso que devemos viver a nossa vida sem se importar com as críticas! Muito obrigada!

      Excluir
  6. Olá
    Fico fora de mim com pessoas que acha que para nossa vida ser completa precisamos de outra pessoa. Não!!! Um companheiro só é bem vindo depois que você está bem e feliz consigo mesma, não podemos depender de outrem para obter a felicidade e as pessoas deveriam entender de uma vez por todas isso.
    Adorei a crônica, divulgue muito
    Beijuh

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E aê Renata. Que bom que você gostou da crônica! Simplesmente você resume tudo que eu penso. É isso aí. Três beijos!!

      Excluir
  7. Olá!
    Adorei a objetividade da sua crônica. Eu já ouvi muito disso, no começo dava importância, hoje entra por um ouvido e sai pelo outro. Ficarei solteira e sozinha até eu desejar mudar isso.
    beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Bruna. Obrigada por ter gostado da crônica. É isso aí, viva a vida do seu jeito, sem se importar com a opinião dos outros! Beijooo

      Excluir
  8. Olá!

    Adorei a crônica, simples e objetiva! Parabéns, descreveu bem como anda nossa sociedade, mas preocupada em ter do que em ser!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Kamila Que bom que você gostou da crônica! Bem do meu jeito, direta e objetiva. A sociedade nos impõe várias coisas, cabe a nós vivermos do nosso jeito, que é bem melhor!

      Excluir
  9. Olá...tudo bem??
    Gostei desse texto... ouço tanto no trabalho... quero te ver feliz... você combina com fulano... vou te apresentar ciclano. Como se eles soubessem o que realmente me faz feliz ou como se a minha felicidade fosse baseada em encontrar alguém... não eu estou muito bem sozinha... estou feliz e independente... alguém pode aparecer, claro, a gente não sabe o dia de amanhã... mas eu não estou a procura... as vezes o fato de você está sozinha significa que você sofreu uma desilusão amorosa e se fechou, as pessoas não param para pensar, que pode ser opção... enfim... as vezes isso me irrita profundamente.... gostei muito o que escreveu aqui... simples, curto e direto! Xero!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Hello Diana, Tudo bem sim. Que bom que você gostou da crônica. Isso aí mulher, viva do seu jeito. Não se importe com essa pressão social de arrumar um parceiro, a vida é sua, siga seus planos e não ligue para as críticas. xeroo

      Excluir
  10. Olá!
    Ótima crônica kkkkkk a fogueira esta aí para queimar as encalhadas kkkkk Sou da opinião de quê quando você se ama, não precisa de companhia, claro que ela é sempre bem vinda, mas não essencial para a felicidade.

    beijokas

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Kelly. Fico feliz por ter gostado da minha crônica. Muito bem, viva do seu jeito, arrume uma pessoa quando você desejar, e se você não quiser, tá ótimo também. Beijokas!!

      Excluir
  11. Oi, Juliane ^^
    Não sei se posso considerar o seu texto uma crônica mas ele levou uma questão há muitos séculos discutida na humanidade. Não se sabe em qual momento diálogos como esses foram sendo espalhados e se fossemos parar para analisar a resposta não existiria.
    O mais engraçado das situações que as pessoas não usam tais frases para dizer que precisamos de outra pessoa para poder gerar uma vida nova, eles usam para que possamos "evoluir" e "ser felizes" tendo outra pessoa do lado. Mas eles não param para discutir o quanto é exaustivo ter um relacionamento amoroso, o quanto podemos sair machucados e escolher a pessoa errada com esse tic-tac para encontrar alguém.
    Só me resta lamentar por essas pessoas que tem esse pensamento tão ignorante.
    Obrigado pelo texto e pelo reforço no questionamento que sempre me faço da sociedade, Juliane. ^^
    Bjs

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.