Resenha: Estou estressada! - de Dolores Cotal

"... Por onde andará o mito da ternura e da sensibilidade infantil? Vai ver ficou fossilizada nos filmes da Disney..." - Página 191
Olá!

É uma alegria estar aqui novamente no blog para compartilhar com você mais uma resenha. 
O livro de hoje é uma cortesia da Paulinas Editora.

Como gosto bastante do blog, venho dizer que o blog andou meio paradinho porque estive 4 meses sem internet. Para fazer as postagem do blog estava sendo pelo celular, as vezes quando estava editado o post a internet acabava e tinha que espera o outro dia para a internet do celular voltar a funcionar, era um custo. Não queria quebrar o compromisso que tenho com vocês leitores do blog. Agora a internet voltou. Eeeh! \ô/ Tentarei aumentar o ritmo do blog... Explicação a parte, agora vamos conferir a resenha de hoje?

Título: Estou estressada!
Autor(a): Dolores Cotal
Editora: Paulinas - Livros 
Coleção: Papo de Mulher
Idioma: Português 
Edição: 1
Páginas: 216
Formato: (14,0 x 21,0)
Código: 522333
ISBN: 978-85-356-3340-5
Clique aqui e compre já o seu!

Sinopse: 
O livro inaugura a nova coleção Papo de Mulher, que apresenta obras de diversos gêneros literários, abordando o universo feminino de uma forma crítica, mas sem perder o bom humor. Estou estressada! conta a história de Cristina, uma mulher divorciada, mãe de uma menina de 6 anos. Restauradora de arte, trabalha em casa para ficar mais perto de sua filha, mas percebe que sua vida anda sem perspectivas, cada dia mais inexpressiva. Ao mesmo tempo, sente a pressão de ter de lidar sozinha com os muitos afazeres e as dificuldades financeiras. Ressente-se quando é confrontada com a realidade de seus amigos, com a percepção de que o tempo está passando e já não é mais tão jovem. Inesperadamente, recebe uma proposta de trabalho irrecusável. Envolta em incertezas e fragilizada por uma baixa autoestima, imagina-se incapaz de assumir tantas responsabilidades, de dividir-se entre as exigências profissionais e as familiares. Em paralelo, a vida dos coadjuvantes complementa o retrato da sociedade contemporânea, com seus desafios cotidianos altamente estressantes, com os quais todos se identificam de alguma forma: há os pais de Cristina, que fazem parte de uma geração que transformou a terceira idade em oportunidade para dedicar-se a inúmeras atividades interessantes; o casal com filhos que, apesar de feliz, precisa de ajuda por causa de um problema de saúde; a amiga solteira e workaholic; o ex-marido que também precisa se dividir entre as responsabilidades da carreira, de pai e de um novo relacionamento. Aos poucos, graças aos conselhos que recebe daqueles que lhe querem bem ou a insights pessoais, Cristina vai descobrindo que os planos nem sempre saem como imaginados. Redescobre seu valor, num caminho de crescimento psicológico que lhe restitui as rédeas de sua própria vida e a leva a um novo amor. Um romance muito bem escrito e envolvente, que se torna fonte de inspiração para a resolução dos problemas cotidianos que todos vivemos de uma forma ou de outra.
..."Se eu não fizer, os outros farão." - Página 110
"Estou estressada!" conta a historia de Cristina. Uma mulher divorciada que mora sozinha com sua filha de seis anos. Cristina como muitas mulheres, abriu mão de muitas coisas para se dedicar ao marido, filha e casa. Não é nenhum erro abrir mão de alguns planos e sonhos e escolher se dedicar a família. Até por que, as vida é feita de escolha. Mas não é certo deixa você em último planos. Esse é um erro que Cristina cometeu. Ela não estar sozinha nesta escolha de sempre se deixar em último plano. Quantas mulheres não fazem isso?

Cris decidiu recomeçar. Para de só enviar e-mail para os amigos e começar a conviver realmente com eles. Reatar as velhas e boas amizades. Continuar a está disponível para a sua filha mas também conciliar seu tempo com outros afazeres. E que sabe não aceitar uma incrível proposta de emprego e dar mais importância a sua carreira. Ela está disposta a fazer algumas mudanças em sua vida. Se divertir mais. E até aceita o viajar com sua amiga. Apenas as duas bem longe de filhos, casas e compromisso do dia a dia. E essa mudança pode lê proporcionar um novo amor. Mas para isso ela terá que amar mais a vida.
"A varinha mágica trabalhou duro hoje. Nem me dou ao trabalho de lhe dizer que gosto de cinema fantástico. Para que perde tempo, quando há coisas muito mais importantes para dizer... e fazer?" - Página 118
É uma leitura leve e rápida. A história é contada pela personagem Cristina. No livro a personagem lhe conta sobre a vida dela para depois se apresentar. A escrita é de fácil entendimento. É um romance bem leve. Não é um romance de tirar suspiro. Vale ler o livro não pelo romance e, sim pela superação e reconquista da personagem pela vida. Se você está esperando uma história cheia de surpresa, isso pode te decepcionar. Apesar de não ter acontecimentos extraordinário, você pode aprender com a personagem nos pequenos detalhes ao decorrer da história.

Acredito que o livro conta a historia do dia a dia de muitas mulheres. Não é algo que você só ler no livro e está longe da vida real. Cristina pode te ensinar a como resolver problemas cotidiano, mostrar os erros que nós mulheres muitas vezes cometemos e te mostrar que é possível conquistar uma vida feliz depois de um divorcio. Eu recomendo o livro para mulheres. Acredito que não vai interessar muitos as adolescentes e os sexo masculino também não. Ele faz parte da coleção "Papo de mulher" e acredito que ele vai atender melhor o seu público alvo.   
"-...Li em algum lugar que não se pode prescindir dos rituais, porque eles dão sentido a vida. Assim como os mitos. E eu concordo" - Página 207
Não deixe de contar nos comentário o que você achou do livro e se você já leu ou não. Deixe também dicas e sugestões. Seu comentários é importante para mim!


28 comentários

  1. Olá
    Que bom que a sua Internet voltou :)
    Então, sobre o livro eu confesso que ainda não tinha ouvido falar, mas parece ser uma leitura interessante. Realmente deve ser uma leitura leve. Dica mais do que anotada <3
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  2. Caramba, é um sufoco ficar sem internet, como você aguentou? Coragem! Hahah
    Confesso que a capa não me chamou a atenção, mas lendo sua resenha eu mudei totalmente de ideia! vez ou outra as esposas precisam sim desse tempo só para elas, umas férias desse mundo cheio de jornada dupla, ótima resenha!

    ResponderExcluir
  3. Nem me imagino sem internet um dia sequer rsrs Quanto ao livro, parece mesmo o cotidiano de muitas mulheres que tem que se dividir entre os compromissos com a casa e filhos e o lado pessoal que envolve amor, amizades e carreira. Talvez os homens também devessem ler para valorizar mais a mulher que tem ao seu lado, que muitas vezes abnega tantas coisas pela família. Ótima dica.

    *☆* Atraentemente *☆*

    ResponderExcluir
  4. Olá.
    Nunca tinha ouvido falar no livro antes, mas achei a premissa legal, um livro bem gostosinho de ler, para falar a verdade eu leria pós uma ressaca literária hahahahaha Acho que seria perfeito.
    Amei a resenha e achei o livro bacana, acho que me identificaria com a personagem

    ResponderExcluir
  5. Ainda não conhecia o livro e o título me chamou a atenção, ao mesmo tempo que me deu um medinho... rs Acho que pelo que você pontuou na resenha, seria uma leitura que eu me identificaria em muitos aspectos. Quero ler!!!
    MEU AMOR PELOS LIVROS
    Beijos

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Parece mesmo interessante. Em questão de ser uma mulher mais velha, me lembrou um pouco (bem pouco) o livro "Menina, desliga o celular!".

    Att,
    Gabrielly Gomes

    ResponderExcluir
  7. Olá!
    Não me lembro de ter lido nenhum livro que conta o dia a dia da mulher de uma forma que parece tão real. Me identifiquei um pouco com a protagonista, apenas de ler sua resenha. Vou anotar a dica e espero, sinceramente, curtir a leitura.
    Adorei os quotes!
    Beijos,
    Um Oceano de Histórias

    ResponderExcluir
  8. Olá!! :)

    Eu napo conhecia o livro e confesso que não gostei la muito da capa! :) Mas ainda bmem que gosatste...

    Eu não lerei por não ser rapariga/mulher... Já que não vai interessar ao meu género... :) parebens pela resenha! :)

    Boas leituras!! ;)
    no-conforto-dos-livros.webnode.com

    ResponderExcluir
  9. Oi!
    Ficar sem internet é um sufoco, que bom que agora já está tudo resolvido!
    Adorei o título do livro, me passou a impressão de que o humor é bastante presente na trama. A personagem parece ser daquelas que todos os leitores conseguem se iden, nem que seja um pouquinho e adoro personagens assim.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  10. Olá,
    Adorei a premissa do livro, pois parece que a obra nos traz uma mulher forte e determinada a retomar sua vida depois das adversidades.
    Fico muito feliz que ela volte a dar importância a suas amizades e carreira.
    É horrível quando precisamos usar a internet e acaba a do dia né, imagino o sufoco que você deve ter passado.

    http://leitoradescontrolada.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi!
    Não conhecia o livro mas fiquei interessada nele.
    Gosto de histórias em que a personagem principal está se redescobrindo. E me agrada saber que a autora não foca no romance.
    Muitas mulheres acabam dando muita atenção para a sua família (e isso não é errado), mas se esquecem de darem a atenção devida que elas mesmas merecem (e isso sim é um erro).
    Bjsss

    http://umolhardeestrangeiro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oie!
    Um tema bem atual, ainda mais para as mulheres que sempre estão a escolher entre a família ou uma carreira. Eu ainda não conhecia esse livro, e gostei da temática, e de saber que é um livro de leitura rápida, com uma personagem que vai ajudar e muito e ver algns dos erros do cotidiano.
    Bjks!
    Histórias sem Fim

    ResponderExcluir
  13. Olá!

    Que bom que sua internet voltou! Fazer posts pelo celular é horrível! Não conhecia o livro, mas mesmo sendo voltado às mulheres, a premissa não me chamou tanto a atenção, mas espero ver os demais volumes dessa coleção...

    ResponderExcluir
  14. Não conhecia o livro mas pelo que vi na sua resenha ele mostra, sim, a realidade de muitas mulheres que decidem recomeçar a vida. Não é algo que eu compraria para ler mas achei a premissa bacana e dependendo de quem for ler, pode até ser um incentivo.

    ResponderExcluir
  15. Oi!
    Não conhecia esse livro e confesso que ainda não sei se o leria. Adorei o nome da coleção! Tenho certeza qe agradará muitas leitoras ^^
    Abraços,
    Andy - StarBooks

    ResponderExcluir
  16. Oi, flor!
    Gosto de enredos mais realísticos, do tipo que nos fazem perceber que a vida não acaba, mesmo quando temos a sensação de que chegamos ao fundo do poço. Podemos sempre redescobrir como aprender a viver, apesar dos pesares. :) É a primeira vez que vejo uma resenha de um livro da Paulinas Editora.

    Beijos!
    www.myqueenside.com.br

    ResponderExcluir
  17. Realmente muitas mulheres acabam relegando sua própria vida ao último plano e quando veem fica até difícil recomeçar, principalmente depois de algo como um divórcio que é algo que desestrutura os envolvidos. Que bom que a Cristina parece ter tido sucesso nisso, acho que a leitura do livro pode ajudar bastante gente, embora eu não tenha sentido vontade de conhecer o enredo.

    ResponderExcluir
  18. Oi, tudo bem? É uma leitura a se considerar sem expectativas então. Gosto do fato de ser um livro leve e fácil de ler, além de trazer a história de superação de uma mulher. Boa dica, beijos.

    ResponderExcluir
  19. Olá!
    Achei a história bem legal. Ver a personagem se dando uma chance e pensando em si também é muito bom. As vezes só abrimos os olhos quando algo de grave acontece em nossa vida. Não conhecia o livro, mas vou anotar a sua dica e ler em breve.
    Beijinhos!

    ResponderExcluir
  20. Olá,
    Pela sua resenha, a história parece ser realmente leve e de leitura fluída. A proposta é bem próxima mesmo do público alvo que você indicou, o que pode haver uma aproximação mais rápida com a leitura. Gostei bastante da dica e espero ler mais à frente.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  21. Hello Dear,
    Gostei da resenha. E que pena que você teve se ausentar por causa da internet, eu sei como é fiquei uma temporada sem internet e tive que largar o blog. Mas isso foi no início.

    Bom, gostei do livro e o enredo dele parece ótimo. A história tem um Q de realidade. Não conhecia a editora mas adorei conhece-la.

    Beijoss, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  22. Sem internet? OMG :O KKK

    Que livro top! Já tinha visto alguns comentários sobre ele, mas nunca peguei para ler uma resenha. Gostei bastante, principalmente pela personagem forte que ele nos traz.

    Anotarei a dica, obrigada!

    ResponderExcluir
  23. Oi, Day

    Olha, apesar de gostar bastante de livros sobre superação e recomeços, não me senti muito atraída pelo livro em questão. Concordo que muitas mulheres podem se identificar com o libro, que pena que a vontade de ler não bateu.
    E caramba, 4 meses sem internet...que bom que está tudo certo agora.

    Beijos

    ResponderExcluir
  24. Oi, tudo bem? Eu sou mãe e também abri mão de muita coisa para estar com meus filhos e me vi muito na personagem desse livro. E aos poucos estou tentando me encaminhar novamente.
    Dica anotada.
    BJ

    ResponderExcluir
  25. Feliz com sua volta!!! Amei a resenha mesmo que o livro não seja minha praia.

    ResponderExcluir
  26. Oi,

    Como você falou, esse livro não me despertou muito interesse para lê-lo, mas acredito que todos devemos fazer escolhas uma hora ou outra na vida, mas nos deixar em último plano? Acho que não. Enfim, que bom que pode voltar a postar no blog.

    Abs,

    ResponderExcluir
  27. ler as vezes ficção com uma realidade acentuada é algo que sempre procuro ler, cristina é como muitas mulheres mãe de família que sempre se deixa em segundo plano para satisfazer as necessidades da família, por sua vez não concordo com isso e isso livro vai mostrar isso.

    ResponderExcluir
  28. Oi Dayane, sua linda, tudo bem?
    Eu acho lindo quando uma mulher se dedica a sua família, quando faz sua família sua escolha de vida. Mas os tempos são outros, não vivemos um conto de fadas e temos que lidar com a verdade de que alguns casamentos não são para sempre, e quando temos filhos, as responsabilidades aumentam. Então, as mulheres precisam trabalhar, precisam ser independentes financeiramente e emocionalmente. Gostei muito pois o livro além ade abordar essa questão, através da personagem irá nos mostrar superação. Dica mais do que anotada. Sua resenha ficou ótima!!!
    beijinhos.
    cila.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.