Resenha: A Escolha - Kiera Cass

Fonte da imagem: Melina Souza

Atenção: Por se tratar de uma continuação pode conter spoiler dos livros anteriores.
"A Escolha" é o terceiro livro da trilogia "A Seleção". Para conferir a resenha do primeiro livro CLIQUE AQUI. E para conferir a resenha do segundo livro CLIQUE AQUI.
“Não se preocupe. As melhores pessoas sempre carregam alguma cicatriz.” - página 144
America era a candidata mais improvável da Seleção. Entrou nela por insistência da mãe, por uma promessa que fez a Aspen, e depois que ele partiu o coração dela foi um alivio ela poder ir para longe dele. Fez amizade e inimigos no castelo. Se tornou a melhor amiga do príncipe Maxon, que logo se torno mais que amizade. Teve muitas indas e vindas. Muitos obstáculos. Vários sentimentos envolvidos. Mas conseguiu ficar até o momento na competição. Agora o jogo entrar muito mais acirrado. Quem vai ficar com a coroa?

America não está dúvida entre Aspen e Maxon. Ela já fez sua escolha. Maxon já tinha feito a sua, antes de America colocar tudo a perde. Apesar dos dois está apaixonado um pelo outro isso não é o bastante, tem muita coisa em jogo. Maxon e America não são como os casais de contos de fadas. Não são perfeitos e tem personalidades diferente. America é impulsiva, bate de frente com as regras e leis. Diversas vezes colocou em risco sua permanência na competição. E isso deixava Maxon em maus lençóis. Maxon é equilibrado e sensato, para não colocar tudo a perder tenta faz suas escolhar com paciência e amor. Apesar da diferença entre eles, os dois tem coisas em comum como seu amor um pelo outro e seu amor por Illéa . 

Illéa é um país que sofre cada vez mais ataques dos rebeldes. Os sulistas e os nortistas. Os nortistas são desentendes de Illéa e lutam por liberdades especificas, como o fim das castas. Os sulistas são muita mais violentos, querem administrar o país com as próprias mãos. As ameaças dos rebeldes faz com que Maxon faça alianças secretas, sem o consentimentos do rei. America apesar de tudo, sempre esta ao lado de Maxon e ajuda ele com as alianças mas também faz com que ele toma atitudes arriscadas e coloque a vida dos dois em perigo.    
— America, sua cabeça está cheia de más ideias. Ótimas intenções. péssimas ideias. - página 139
A história é contada em primeira pessoa por America. É um leitura leve e envolvente. Essa trilogia é muito mais do que um livro de romance. Os personagens são cheios de segredos. A corrupção, politica, castigos, punições, pobreza, riqueza, guerras, aventura e romance. Tanto conflitos marcam essa história. É emocionalmente. Tive raiva de alguns personagens, pensava que algo seria previsível e me surpreendia. Se você está atrás de um romance com um mix sensação você irá gosta desta trilogia. Porém não gostei muito do final. Apesar de ter gostado de alguns finais dos personagem me sentir um pouco decepcionada, como se a autora estive com pressa para acabar. Esperava um pouco mais do final, mas a trilogia toda não deixa de ser boa.    
Obedeci, e mais uma vez fui espremida pelo vestido. Pensei em um soldado que se preparava para a guerra. A armadura era diferente, mas a ideia, a mesma. - página 15

4 comentários:

  1. Parabéns pela resenha, Dayane! Gostei muito do seu blog, já estou seguindo e pode ter certeza que acompanharei todas as postagens! Grande abraço e sucesso...
    http://www.penapensante.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Felipe Penasso fico feliz que tenha gostado. Seja bem vindo! Muito obrigada pelo carinho. Beijos e sucesso!

      Excluir
  2. Oie,

    Ah esse livro, já faz uns dois anos que eu o li e tenho certeza que quando eu ler novamente irei sentir as mesmas emoções que eu tive quando o li pela primeira vez. Chorei lendo algumas cenas, essa trilogia é muito linda e eu não vou esquecer dos aprendizados que eu tive com a América e o Maxon (L-I-N-D-O) ❤❤

    Bjs
    Mayla
    https://lendocomamay.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oie Mayla Henrique, essa trilogia merece sim uma releitura, e tem muitas emoções nela. Beijinhos'

      Excluir