Resenha: A Batalha de toda Adolescente - de Shannon Ethridge e Stephen Arterburn.

Olá

Que adolescente nunca teve dúvida de que roupa vestir, de como chamar atenção de um garoto ou até mesmo se sentem sozinhas e acreditam que ninguém entende seus sentimentos. O livro A Batalha de toda Adolescente de Shannon Ethridge e Stephen tem como objetivo ajudar toda adolescente (ou mulher) a conseguir vencer as batalhas que todas nós passamos, e a se manter pura, de corpo, mente, coração e alma.

É difícil guarda o nosso coração para a pessoa certa. Para quantas pessoas erradas iremos entregar nosso coração até achar a pessoa certa? E se a pessoas certa aparecer e a gente não percebe a tempo?
O livro tem historias e depoimentos de várias garotas e mulheres, que tiveram problemas amoroso, não só no ato como na mente e no coração. Há no livro também alguns depoimentos de rapazes, como eles olham para as garotas e o que eles pensam sobre a menina lutar para ser manter pura.

Ele é um livro cristão, porém acredito que independentemente da idade e religião, toda adolescente/mulher deveria lê este livro. Por que na adolescência passamos por situações que pensamos que só acontece com a gente e mais ninguém,  achamos que tudo é o fim do mundo. E ás vezes vê que isso não acontece apenas com nós mesmo e presenciar depoimentos de garotas que já passaram pela mesma situação podem nós ajudar a passar por aquilo e escolher a decisão certa. O livro vai te orientar, mas no final a decisão do que fazer é sua.

Acho que toda mãe devia dá de presente esse livro para a filha. Se está como medo que sua filha leia esse livro, ele tem uma página dedicada aos pais.

O livro é voltado para o publico feminino, se você é menino não fiquei triste não, pois tem A Batalha de todo adolescente também. Eu não li esse livro então não tem como eu te falar se ele é bom, mais se o das meninas é, tenho impressão que os dos meninos também é bom.

E ai já leu esse livro? O que acha da ideia proposta nele? 

Pureza exige coragem.
Duas personagens adolescentes da novela falam sobre os planos de perder a virgindade com os namorados num acampamento. Entrevistada por uma revista dirigida ao público jovem feminino, uma cantora famosa revela que já teve relação com outras mulheres e diz que o casamento é uma “instituição falida”. No rádio e nos videoclipes, as letras das músicas são repletas de duplo sentido e as imagens, carregadas de sensualidade.
Esse bombardeio de permissividade, fruto da crise moral da sociedade, tem alvos bem definidos: milhões de meninas, adolescentes e jovens mulheres que se deixam seduzir pelo discurso da liberalidade sexual. À procura de atenção, intimidade e afeto, elas se envolvem em relacionamentos sem limites que geram sofrimento, remorso, angústia e — a pior das conseqüências — distanciamento de Deus.
Mas a batalha não está perdida, e dizer “não” é uma questão de escolha. Em A batalha de toda adolescenteShannon Ethridge e Stephen Arterburn, conselheiros e palestrantes cristãos de prestígio na área de relações familiares, mostram que é possível disciplinar a mente, fortalecer o coração e guardar o corpo para resistir à tentação. Usando linguagem franca e relatos coletados em anos de experiência, os autores propõem a opção pela pureza como alternativa de saúde física, emocional e espiritual.


8 comentários:

  1. Parece ser bem legal, gostei da ideia
    que ele transmite.
    http://theworldoflena.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Lena, é sim bem legal, que bom que gostou.

      Excluir
  2. Meu pai me comprou um guia pra garotas não só sobre sexo, e eu achei ele bom até chegar nessa parte que ele ficou muito querendo dizer que a menina tem que se guardar, pedir perdão a Deus.. Acho que se meu pai soubesse que era assim nem teria comprado. Então é por isso que não leria esse livro, mesmo vc dizendo que ele não diz o que a gente tem que fazer, eu acho legal quem quer se guardar, mas eu não quero então não tiraria proveito dessas dicas.
    bjs
    http://felicidadeinventada.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mah, compreendo sua opinião. Mais acho que interessante ler esse livros. Por mais que ele vai contra a sua opinião, é bom lê coisas que vão contra nossa opinião para podemos per mais argumentos e poder compreender os dois lados.

      Excluir
  3. Eu fiquei interessada, minha mãe ficaria meia assim para mim ler....
    Amei seu blog, e claro já estou seguindo.
    Beijinhos, Ariane
    www.diariodostreze.blogspot.com Visita?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ariane se você quer ler, lê mesmo é super interessante o livro. Sobre sua mãe, tem uma parte do livro que é direcionada os pais, e qualquer coisa é só ela ler antes.

      Excluir
  4. Não conhecia o livro, parecer ser muito interessante.
    Hoje em dia a juventude anda cada dia mais confusa quando o assunto é sexualidade.
    Claro que há a liberação, o despojamento, o parecer nada careta, mas no fundo todos estão cheios de dúvidas e as vezes acabam se entregando por medo de dizer não.
    http://detudoumpouco28.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordo com você. Por mais que tem "amigos" e internet, pode acabar sendo mal orientada.

      Excluir